Quem foi João Batista?

Quem foi João Batista?

Quem foi João Batista?


João Batista nasceu cerca de cinco meses antes de Cristo numa região montanhosa de Judá.
Tanto seu pai, o sacerdote Zacarias, como sua mãe Isabel, eram descendentes de Aarão. Sua mãe era prima de Maria, a mãe de Jesus.
O nascimento de João Batista foi um caso invulgar. Segundo nos conta Lucas 1:5/25,
Resultado de imagem para vida de João Batista
Contexto histórico e cultural da época de João Batista

A época de João Batista, é praticamente a mesma em que viveu Jesus o Cristo.
Israel já não era nação independente. O Império Romano, sempre que possível, tentava pacificar os territórios conquistados, mantendo os privilégios da classe dominante.  Esse foi também o caso de Israel na época em que João Batista inicia a sua pregação.
Além do Templo, havia as várias sinagogas em Jerusalém, assim como em todo o território do grande Império Romano, que competiam entre si pelo rigor dos seus cultos, pela sua música e pela santidade dos seus membros, embora com um conceito veterotestamentário de santidade, mais ligado à ideia de santidade litúrgica ou santidade higiénica e à santidade da sua genealogia..
Resultado de imagem para pregação de joão batista no deserto
4) Métodos de pregação de João Batista 

Metanoeite, êggiken gar ê basileia tôn uranôn  ou seja “Mudem de mente (ou de ideias, ou de comportamento) porque chegou o Reino dos céus”, ou numa tradução mais livre, “Arrependam-se, porque já chegou o Reino de Deus”. João faz precisamente o contrário do que faziam os religiosos do seu tempo. Era o poder do Senhor em oposição à tradição, e às técnicas de comunicação.
4.1 - Local de pregação.

Lucas 3:2/3 - Sendo Anás e Caifás sumos sacerdotes, veio no deserto a palavra de Deus a João, filho de Zacarias. E percorreu toda a terra ao redor do Jordão, pregando o batismo de arrependimento, para o perdão dos pecados. 
Lucas refere-se ao “deserto da Judeia” e João 3:23 refere-se a um local chamado Enom, que significa muitas águas, Mas, pelo menos inicialmente, os ouvintes de João Batista não eram os entendidos em religião, mas os vulgares viajantes, numa época em que na sua maior parte seriam comerciantes ou peregrinos a caminho ou de regresso de Jerusalém.  
4.2 - Edifício

Em Jerusalém o Templo ocupava o lugar central e as várias sinagogas rivalizavam entre si na busca dos melhores locais. 
João Batista não se preocupou em competir com eles.
4.3 - Corais, Grupos de louvor.

Segundo testemunho de vários irmãos que nos têm escrito, um bom “grupo de louvor” é  um dos melhores atractivos das igrejas dos nossos dias e o seu crescimento está quase sempre na base dos chamados “grupos de louvor”.

4.4 - Contribuições

João Batista não tinha esses problemas pois ele não tinha nenhum edifício para o seu culto, nem pedia contribuições para o seu sustento. Segundo Mateus 3:4 E esse João tinha o seu vestido de pêlos de camelo e um cinto de couro em torno dos seus lombos; e alimentava-se de gafanhotos e de mel silvestre. 
Mas encontramos em Lucas 3:11 a resposta de João Batista à multidão que lhe perguntava: Que faremos ? ... Quem tiver duas túnicas, reparta com o que não tem,
4.5 - Curas e milagres
Não há registo de milagres ou curas efectuadas por João Batista. O milagre que ele fazia era a transformação da mentalidade dos seus ouvintes.
4.6 - Técnicas de comunicação

João Batista falava sem rodeios e por vezes era rude e directo ao comunicar com os seus ouvintes.  Sendo um homem isolado, sem nenhuma guarda pessoal nem guarda-costas, ousou dirigir-se aos ...fariseus e saduceus, que vinham ao seu batismo, dizendo-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura ? Mateus 3:7.
4.7 - Homilética

Também não me parece que João Batista se preocupasse com as regras da homilética nas suas pregações.
Resultado de imagem para pregação de joão batista no deserto
5) Conclusão

Segundo Mateus 3:6, os discípulos de João Batista eram batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados, enquanto os sacerdotes e fariseus se apresentavam no Templo apregoando a sua santidade.  Já tenho recebido mensagens de crentes que me dizem: “Sou um diácono ou um presbítero, e não me deixam sentar nas cadeiras na parte da frente, perto do púlpito...” Mas afinal, qual o ideal das nossas igrejas?  É o Templo de Jerusalém onde exibiam a sua santidade, ou o grupo de pecadores de João Batista?
Lembro-me de que já há alguns anos, quando trabalhava no Município da Marinha Grande, um dos nossos carros que foi buscar material de construção a Lisboa, avariou-se na viagem de regresso, na vila de Alcoentre, mesmo em frente da grande prisão-escola, onde os presos são recuperados e aprendem uma profissão.
Como nessa pequena vila não havia oficina de reparação de automóveis, a não ser nas escolas profissionais dentro da prisão, foram pedir ajuda a essa instituição onde foram muito bem recebidos. Mas o que mais surpreendeu os nossos funcionários foi serem convidados para jantar, numa sala onde estavam os presos.
A comida, tanto os vegetais como a carne, eram produtos dos grandes terrenos da prisão onde os detidos se preparavam para a vida agrícola, e até o vinho era feito na adega da prisão. Alguns dos detidos, eram pessoas de idade, que já lá estavam há vários anos. Houve um que disse.  “Eu já estou habituado a viver aqui. Lá fora, todos nos chateiam quando descobrem que estivemos presos.”  Outro até acrescentou:  “Se me mandarem embora, já sei o que vou fazer. Roubo alguma coisa e peço ao Juiz para voltar para a mesma prisão.”   
Será possível transformar as nossas igrejas em alguma coisa parecida com isto?  Em vez de serem lugares “chatos” no género de museus de santidade, com os seus santos embalsamados, como o velho Templo de Jerusalém?  Será possível transformar as nossas igrejas em lugares onde os pecadores e os marginalizados possam sentir que são amados e bem recebidos?!!!

O Evangelho já não é tão pregado nos nossos dias como parece, pois pregar o Evangelho não é só por palavras. Isso seria muito fácil com os meios de que dispomos. Com a rádio, a TV e a internet seria possível divulgar as palavras, as principais afirmações teológicas, por todo o mundo ao mesmo tempo. Alguns famosos evangelistas americanos, já o têm feito, convencidos de que estão a pregar o verdadeiro Evangelho de Jesus, só por estarem teologicamente correctos. Talvez tão correctos como estavam os fariseus e saduceus que foram ao batismo de João.
Evangelismo bíblico, como João Batista ensinou, e Jesus confirmou, implica partilha de bens materiais. Quem tiver duas túnicas, reparta com o que não tem, e quem tiver alimentos faça da mesma maneira. Lucas 3:11. Os países ricos, geralmente estão dispostos a enviar os seus “missionários”, muitas vezes sem a necessária preparação secular nem teológica, mas não estão abertos à genuína evangelização que implica partilha de conhecimentos através de verdadeiros Missionários devidamente preparados, e muitas vezes partilha do que roubam aos países mais pobres.
Talvez tenhamos de voltar ao início e começar com a evangelização dos “evangélicos” do nosso mundo onde os ricos são cada vez mais ricos e se consideram como cristãos evangélicos. Mas será que ainda há tempo antes de Cristo voltar?!!
Penso que não está prevista a vinda de nenhum profeta antes da segunda vinda de Cristo. Até pelo contrário, essa vinda será repentina e quando menos esperarmos.
Mas pode ser que o Senhor tenha piedade de nós e nos levante algum pregador no género de João Batista, liberto do controle eclesiástico, pois afinal, isso não depende da vontade humana, nem do apoio das igrejas, nem das decisões das juntas missionárias, nem de grandes verbas para majestosos edifícios ou divulgação nas emissoras de rádio e TV. Tudo isso pode ajudar, mas não basta, pois tem fracassado assim como fracassou o Templo de Jerusalém.
Mas então, o que é necessário? Qual o segredo de João Batista?
Pensamos que em primeiro lugar, João Batista confiou no Senhor, não procurou apoio de nenhuma organização do seu tempo e disse o que afinal já todos sabiam, mas ninguém tivera a coragem de denunciar.  Antes de falar aos gentios, ele começou por tentar “arrumar a sua casa” a Casa de Israel.
Talvez estejamos perto da segunda vinda de Jesus o Cristo, e o mais grave é que desta vez não haverá nenhum profeta para a anunciar, e ele virá para julgar o mundo em que vivemos. Mas quando será essa segunda vinda?  Já me têm feito essa pergunta.
Tenho procurado ser realista e não vou mostrar a minha fraca “espiritualidade” dizendo que está para muito breve.
Penso que não será durante a minha vida, e talvez seja este o pensamento de muitos dos nossos irmãos.
Mas quero terminar com Mateus 24:44 ...porque o Filho do homem há-de vir à hora em que não penseis.




Read More

Estudo para Juniores as Parábolas de Jesus

Estudo para Juniores as Parábolas de Jesus


LIÇÃO:   Parábolas de Jesus




ESCOLA BÍBLICA
 MINISTÉRIO INFANTIL



Nome do aluno (a):_____________________________________





 




 LIÇÃO 1 - A PARÁBOLA DO FILHO PRÓDIGO 

Resultado de imagem para LIÇÃO 1 - A PARÁBOLA DO FILHO PRÓDIGOLeitura inicial: Lucas 15.1-2 e 11-24 
 Pródigo = gastador, esbanjador. 
  Quem estava presente quando Jesus contou esta parábola? (v. 1 e 2)
Resp:________________________________________________________
 Nota: publicanos: classe de pecadores – fariseus – grupo religioso judaico que acreditava que só a estrita observância da lei poderia permitir nos aproximar de Deus. Mestres da Lei – interpretavam as Escrituras e resumiam-nas em forma de ensinos e preceitos. 
 - Quais as 3 atitudes do filho mais novo?
1. pediu a herança antes do pai morrer – v. 12
2. Foi para uma região distante – v.13
3. desperdiçou seu dinheiro vivendo irresponsavelmente – v.14) 
- Qual destas 3 atitudes foi a mais errada? Por quê? 
- Porque o filho mais novo pediu sua parte na herança? (para ele, seu pai estava como que morto, ausente de seus sentimentos e convívio – não tinha mais alegria de conviver com seu irmão e pai). 
- O que aconteceu naquela região? (v.14) 
- O que o rapaz fez? (v.15) 
- Qual era sua situação? (v.16) 
- O que aconteceu depois? (v. 17) 
- Qual foi então a decisão dele? (v. 18) 
- Esta decisão estava correta? Por quê?
(Todo o dinheiro e amigos se foram, só restou recorrer ao pai – ele não tinha mais nenhuma alternativa! Ele esperava que o pai o recebesse, pelo menos como um empregado). 

- Qual a confissão deste rapaz? (v.18) 
- O que ele queria agora? (v.19) 
- Qual a atitude do pai ao vê-lo? (v.20) 
- O que o pai decidiu fazer? (vv. 22-24)

Versículo para decorar: Porque este meu filho estava morto, e reviveu, tinha-se perdido, e foi achado. E começaram a alegrar-se” Lucas 15.24

Resumo da Lição tirinha da Semana. Destaque e leve pra casa
..............................................................................................................................................
Porque este meu filho estava morto, e reviveu, tinha-se perdido, e foi achado. E começaram a alegrar-se” Lucas 15.24
Não despreze os conselhos de seus Pais, Professores, leia a bíblia não viva para o Diabo, mas sim para Deus.
Durante essa semana, fale de Jesus para os seus familiares que ainda não são evangélicos, diga o quanto Jesus o ama, pois alegria PA, amor, verdadeiro somente em Jesus Cristo.
Não falte na sua célula, participe do seu discipulado e cresça na comunhão com Deus para alcançar muitas pessoas que estão distantes de Jesus precisando voltar para os braços do Pai Celestial.
Anotações:__________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________

LIÇÃO 2 - PARÁBOLAS DA OVELHA E
DA MOEDA PERDIDA
Resultado de imagem para PARÁBOLAS DA OVELHA E DA MOEDA PERDIDA Leitura: Lucas 15: 1-10
 Introdução: Muitas pessoas consideram-se boas e melhores que outras. Mas Jesus acentuou o valor do arrependimento do homem e do perdão de Deus, em contraste com o orgulho religioso. Fariseus e mestres da lei (Lucas 15.2) arrogavam-se o direito de estar com Jesus, mas negavam este direito para pecadores. Então Jesus os surpreende com uma parábola (estória que ilustra verdades espirituais) bem simples sobre o valor da graça de Deus.

 Você já perdeu alguma coisa? O quê? Como fez para recuperá-la?
  Porque publicanos e pecadores estavam reunidos para ouvir Jesus? (v. 1)
Lembrando: publicanos: classe de pecadores desprezados pelos fariseus e mestres da lei.
 O que aconteceu na parábola para que a pessoa deixasse 99 ovelhas e fosse procurar somente uma?
 Por que uma ovelha perdida é tão importante para o pastor?(Todas as ovelhas são importantes, mas aquela que se perdeu precisa de ajuda imediata, pois caso não for auxiliada, pode ser devorada por um lobo).
 Qual o sentimento da pessoa ao encontrar a ovelha perdida? (v. 6: “coloca-a alegremente nos ombros” – ou seja, o pastor reencontrou a ovelha sem demonstrar zanga, mas fez com alegria o trabalho de trazê-la de volta ao rebanho!).
 A que Jesus compara esta parábola? (v.7: nenhuma atitude agrada mais a Deus do que arrependimento e humildade!)
  Quais as atitudes da mulher ao perder sua moeda? (v.8)Nota: dracma = antiga moeda da Grécia.
 O que esta mulher fez semelhante ao pastor, ao reencontrar o que havia perdido? (v.9)
 Uma ovelha que foge do pastor costuma ficar deitada e sem forças e não consegue mais mexer, levantar-se e andar. Não sobra ao pastor senão carregá-la, o que, em longas caminhadas, só é possível, se ele puser o animal aos ombros. Assim é Deus conosco, além de nos amar e buscar, nos dá seu perdão, livrando-nos de culpas e liberando-nos do mal, ao oferecer-nos sua graça salvadora. Lembre-se que graça é um favor imerecido, ou seja, Deus é que nos providencia a salvação, cabendo a nós apenas a fé (confiança) para recebê-la.
 O que é arrependimento?
 Encenação: caso houver tempo disponível, peça para 2 alunos (um menino representando o pastor e uma menina representando a mulher) façam dramatização das 2 parábolas – peça para um outro aluno narrar cada parábola durante a encenação).
 Versículo para decorar: Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.Lucas 19.10
Resumo da Lição tirinha da Semana. Destaque e leve pra casa
.............................................................................................................................................................................
Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido. Lucas 19.10
Lembre de 3 pessoas que já vieram na igreja, m,as infelizmente não estão vindo mais ou já participaram da célula da noite do Pijama, do Acampamento mas não estão firme na igreja.
Deus esta pedindo a você que procure, que não desista que busque essas pessoas para presença Dele... coloque esse nome aqui e ore por eles e convide eles na; Segunda, Quarta, Sexta, Sábado e Domingo para ir, na célula para escola bíblica e o culto de domingo a noite.
1.______________________2.______________________3.__________________________

Anotações:__________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________

 LIÇÃO 3 - PARÁBOLA DO JOIO E DO TRIGO
Mateus 13:24-30  e 36-43

Resultado de imagem para PARÁBOLA DO JOIO E DO TRIGOLeitura inicial: Mateus 13.24-30
  Quem está lembrado o que é uma parábola? (uma pequena estória que ilustra uma verdade espiritual)
O que significa “Reino dos céus” no v. 24? (é o Reino de Deus – o governo do Senhor Jesus sobre todas as coisas, que começa em nosso coração e irá – no final dos tempos – ser claramente visível sobre todas as coisas).
 Quais os 2 tipos de sementes lançadas nesta estória? (v. 25 e 26 – o joio e o trigo).
O joio é muito semelhante ao trigo enquanto as hastes estão verdes; mas, quando o campo fica pronto para a colheita, a erva inútil nada se parece com o trigo, que verga ao peso das espigas cheias e maduras.
Há 2 classes de pessoas neste mundo: os comparados ao trigo, são os filhos do Reino, os que, pela fé, aceitam de bom grado a boa nova de salvação e geram fruto para a vida eterna, e os filhos do maligno, os que rejeitam o plano de salvação de Deus. Percebam que não há “meio termo”, Jesus não cita que possa existir qualquer neutralidade espiritual – ou somos de Deus ou somos do maligno!O que acontecerá ao joio? (v. 40 – “fim desta era” é o tempo que Deus determinou para que a presente situação de convivência do bem com o mal termine, com a purificação do mundo –
Uma dura realidade espiritual é a existência do inferno. Por mais que desejássemos amenizar tal realidade, ela é especificamente citada por Jesus como sofrimento – veja Mt 13.42b - “choro e ranger dos dentes” referem-se à situações de consciência. As pessoas que ali se encontrarem terão consciência e sofrerão por sua negligência espiritual passada.
Atividade: Separe 2 grupos e dê a cada um pacote de grãos misturados (feijão, arroz, lentilha, milho...). Cada grupo deverá separar em pilhas de acordo com o tipo – ganha quem primeiro separar tudo.Assim também, no final dos tempos, Deus separará as pessoas que insistem em rejeitar o seu plano de salvação daquelas que são chamadas “justas”.
 Versículo para decorar:   Então os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. Mateus 13.43
Resumo da Lição tirinha da Semana. Destaque e leve pra casa
.............................................................................................................................................................................
   Então os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. Mateus 13.43
Deus levara para o céu o trigo as pessoas que amam a Deus e buscam sempre o bem, temos que saber conviver com todas as pessoas não podemos ficar julgado as pessoas, mas sim orar pela vidas delas devemos falar de Jesus do amor de Deus.
Nossas vidas tem que resplandecer a glória de Deus, quais atitudes durante essa semana que você ira fazer para que o poder de Deus possa resplandecer em sua vida?
Atitudes:__________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________


 LIÇÃO 4 – PARÁBOLA DOS PRIMEIROS LUGARES
Resultado de imagem para PARÁBOLA DOS PRIMEIROS LUGARESLucas 14.1,7-14

Debate inicial: você já foi a um casamento? O que temos que vestir? Qual deve ser nosso comportamento na cerimônia?
 Introdução: o casamento judaico era sempre realizado com muita festa no tempo de Jesus 
 Leia Lucas 14.1, 7-11 e responda, procurando também o versículo onde se encontra a resposta:
 1. Onde Jesus estava quando contou esta parábola? _______________________________________________________________________
2. O que Jesus percebeu? ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3. O que aconteceu com a pessoa que ocupou o primeiro lugar na festa? _____________________________________________________________________
4. Qual o lugar que devemos procurar? _____________________________________________________________________
5. Qual a conclusão de Jesus sobre esta parábola? ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 O propósito de Jesus ao contar esta parábola é focar o valor da humildade. Os fariseus eram orgulhosos de sua religiosidade. No Reino de Deus, o que vale não é nosso orgulho ou realizações, mas nossa submissão à vontade de Deus – nossa obediência.
 Vamos citar alguns exemplos de orgulho?(julgar os outros inferiores a você porque você sabe jogar futebol melhor, ou cantar, tocar instrumento ou ser mais inteligente......).
 Versículo para decorar:   E serás bem-aventurado; porque eles não têm com que to recompensar; mas recompensado te será na ressurreição dos justos. Lucas 14.14
Resumo da Lição tirinha da Semana. Destaque e leve pra casa
.............................................................................................................................................................................
E serás bem-aventurado; porque eles não têm com que to recompensar; mas recompensado te será na ressurreição dos justos. Lucas 14.14
Não faça nada buscando reconhecimento das pessoas, as pessoas irão magoar você, irão decepcionar você, não faça nada para que seja aceito por alguém.Faça para agradar a Deus faças as coisas para que Deus seja glorificado em sua vida. Faça isso essa semana siga o conselho de Jesus em Mateus 7.12 Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, porque esta é a lei e os profetas.
Anotações:__________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________


 LIÇÃO 5 – PARÁBOLA DO BOM SAMARITANO
Resultado de imagem para LIÇÃO 5 – PARÁBOLA DO BOM SAMARITANOLucas 10.25-37
Os ensinos de Jesus encontravam muita resistência por parte dos religiosos. Os mestres (ou peritos) da lei buscavam falhas nestes ensinos. Mesmo sabendo a resposta, um deles questionou Jesus sobre um assunto muito importante. Vamos ler os versículos 25 a 29 de Lucas capítulo 10 e responder:
1.      Qual foi a primeira pergunta feita pelo mestre da lei?  ______________________________________________________________________
2. Jesus dialoga e demonstra, pelas Escrituras, qual é a resposta (assinale a verdadeira):
(  ) Fazer muitas coisas boas e bonitas – boas obras
(  ) Amar a Deus acima de tudo e ao próximo como a mim mesmo – uma fé prática
(  ) Ter uma boa religião – afinal, todas religiões conduzem a um mesmo deus
Anote o verso onde está a resposta de Jesus: _______________
 3. O mestre da lei fez uma segunda pergunta a Jesus, qual foi?
______________________________________________________________________ 
 Então Jesus conta uma parábola (estória) - vamos ler os versos 30 a 35 e anotar alguns detalhes:
 4. Quantos são os personagens principais desta parábola?   ____________
Os sacerdotes e os levitas pessoas ocupadas com o templo e com os rituais - já os samaritanos eram um povo desprezado pelos judeus, pois estes consideravam sua religião superior (ache no mapa a localização de Samaria, ao norte da região da Judéia).
 5. O que fizeram o sacerdote e o levita? ____________________________________ 
6. Quem ajudou o homem ferido? ________________________________________ 
Existem 2 tipos de pecados: comissão (fazer o mal, como mentir, orgulhar-se, etc) e omissão (deixar de fazer o bem). Para os orgulhosos religiosos da época, o ensino de Jesus era chocante: como poderia um desprezado samaritano ser um exemplo para estes religiosos? O sacerdote e o levita pecaram por omissão, enquanto o samaritano, por seus atos, demonstrou que praticava a verdadeira lei! Falar do amor é fácil, sentir amor também, mas praticar o amor ao próximo é o destaque desta parábola. O verdadeiro amor é prático!
O mestre da lei teve que reconhecer que tem mais valor a prática do amor do que todas as questões religiosas. O ensino de Jesus era chocante: como poderia um desprezível samaritano ser um exemplo para estes religiosos? Este samaritano era o próximo do homem ferido, e suas ações eram um exemplo!
9. Jesus dá um conselho final, qual foi?
____________________________________________________________________________
 Reflexão: sua vida tem sido misericordiosa? Ou você está a procurar defeitos ou erros em outros, orgulhando-se de não ter tais defeitos? Como podemos demonstrar misericórdia, na prática? 
  Versículo para decorar: E, respondendo ele, disse: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo.. Lucas 10.27
Resumo da Lição tirinha da Semana. Destaque e leve pra casa
.............................................................................................................................................................................
E, respondendo ele, disse: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo.. Lucas 10.27
Ame o seu próximo durante essa semana, ore pela vida dos seus familiares, amigos e vizinhos,
Amar o próximo é ajudar, compartilhar a palavra de Deus, o amor de Deus, escolha alguma pessoas que você sabe que precisa de Ajuda e não ofereça ajuda mas vá e ajude ao seu próximo em nome de Jesus Cristo.
Anotações:__________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________


LIÇÃO 6 - A PARÁBOLA  BANQUETE DE CASAMENTO 
Mateus 22.1-14
 Resultado de imagem para LIÇÃO 6 - A PARÁBOLA  BANQUETE DE CASAMENTO
Servos: empregados
Novilho: touro novo, bezerro
Veste nupcial: roupa própria para um casamento
 Segundo Lucas 14.1 e 15, Jesus estava à mesa, na casa de um importante fariseu, quando contou esta parábola. Os fariseus entendiam que o Reino de Deus era conquistado através de boas ações – da observância da lei, mas Jesus ensinou nesta estória que é a graça de Deus que nos permite este acesso.
O convite ao Reino de Deus está lançado, qual sua resposta?
 Leia atentamente Mateus 22.2-7 e complete:
1.      O _______ preparou um banquete de casamento para seu ___________
2.      Enviou seus _________________ para que os convidados viessem, mas eles ________________________
3.      Dois convidados saíram - um para seu _________________ e outro para seus _______________
4.      Os restantes: (    ) foram gentis com os servos  (     ) maltrataram e mataram os servos
5.      O rei ficou (    ) contente   (    ) irado 
Os convidados não eram dignos do Rei, pois desprezaram o convite e até mataram os servos. Infelizmente, nem todos aceitarão o convite para participarem do Reino de Deus. Desprezar a graça de Deus é um ato que tem conseqüências eternas!
 Agora leia Mateus 22.8 a 14 e assinale V para Verdadeiro e F para Falso:
6.    (     ) O rei mandou seus servos chamar os príncipes para o banquete
7.    (     ) O banquete estava quase pronto e os convidados estavam chegando
8.    (     ) Somente gente boa foi ao banquete
9.    (     ) A sala do banquete ficou repleta de convidados
10.  (     ) Havia 2 convidados que não estavam vestidos adequadamente
11.  (     ) O rei ordenou que lançassem fora um dos convidados
12.  (     ) Todas as pessoas serão salvas no final 
Pode parecer estranho que um convidado à festa não estava trajando roupas adequadas, e por isso foi excluído e punido. Porém, a realidade espiritual, em que não há salvação em nenhum outro nome, além do nome de Jesus Cristo (Atos 4.12), é ensinada aqui. Fariseus consideravam-se puros e seu orgulho era sua vestimenta, mas a verdadeira veste espiritual é a humildade – a dependência e confiança na graça do Pai para a salvação.
 Apesar do convite de salvação ser para todos, nem todos atenderão este chamado (Mateus 22.14).
Versículo para decorar: Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos. Mateus 22.14
Resumo da Lição tirinha da Semana. Destaque e leve pra casa
.............................................................................................................................................................................
Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos. Mateus 22.14
A grande questão não é somente esta na igreja para ir para o céu, a grande questão é permanecer na igreja, é fazer a vontade de Deus, ler a bíblia orar, ser um líder de célula, um Discipulador, um líder de líderes. A grande questão não é ser cristão mas permanecer sendo um cristão....portanto permanece, continue, não desista faça parte dos escolhidos e não somente dos chamados.
Anotações:__________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________

 LIÇÃO 7 - A PARÁBOLA DOS TALENTOS
Resultado de imagem para A PARÁBOLA DOS TALENTOSMateus 25.14-30
Esta parábola enfatiza os frutos da fé salvadora - boas obras para o Reino de Deus. Não é pelas boas obras que somos salvos, porém a fé salvadora é a fé obediente, que produz frutos para o Reino de Deus.
 Talento: dinheiro nos tempos romanos, equivalente a 35 quilos de ouro ou de prata.
Servos: empregados
 Leia Mateus 25.14-18 e assinale V para as afirmações verdadeiras e F para as falsas:
1.   (    ) Na parábola, um homem confiou aos seus sócios os seus bens
2.                  (    ) Ele deu aos 2 primeiros servos a mesma quantidade de dinheiro
3.                  (    ) O primeiro servo investiu o dinheiro imediatamente
4.                  (    ) A cada servo foi entregue uma quantia conforme sua capacidade
5.                  (    ) O servo que havia recebido 1 talento obteve mais 1 talento
 Agora leia Mateus 25.19-25 e preencha com as palavras que faltam nas sentenças:
6.                  O senhor daqueles servos voltou e acertou _______________ com eles
 “acertar contas” – pagar o que se deve ou receber aquilo que é devido.
7.           O que havia recebido 5 talentos ganhou mais _____ talentos
8.           O que havia recebido 2 talentos ganhou mais _____ talentos
9.            Aos 2 servos que haviam ganho talentos, o senhor os chamou de ______­­____ e  ____________
10.      O último servo, que havia recebido ____ talento, teve ___________ e _________ seu talento no chão.
 Interessante notar que o senhor confiou os talentos em quantidades diferentes para cada servo, conforme a capacidade de cada um. Mas um dos servos foi negligente (relaxado), inútil, e preguiçoso – justificou-se pelo “medo” para não fazer o que era esperado de si. No Reino de Deus, o medo é injustificável, pois nosso Rei é o Senhor, Ele governa e quer nossa participação. Precisamos copiar os bons exemplos, não os maus. Somos servos, não senhores, portanto, o que temos não é nosso, é de Deus, e para Ele é que prestaremos contas!
 Continue lendo Mateus 25.26-30 e responda:
11.              Como foi chamado o servo que enterrou o seu talento? _______________________________
12.              O que o senhor esperava que este servo fizesse? _____________________________________
13.              A quem foi entregue o talento do servo inútil? ______________________________________
14.              O que deveria ser feito ao servo inútil? _____________________________________________
 Lamentavelmente, há pessoas que, mesmo ganhando saúde, dinheiro, família, bens, capacidades e talentos, desperdiçam tudo para seguir uma vida indiferente ao Reino de Deus. Não haverá desculpas no dia do Senhor: a fé que não produz obras não é a fé salvadora  não podemos enganar a Deus!
 Momento de oração: como você está usando seus talentos para o Reino de Deus?
 Versículo para decorar: Disse-lhe o seu SENHOR: Bem está, bom e fiel servo. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no reino do teu Senhor.Mateus 25.23
Resumo da Lição tirinha da Semana. Destaque e leve pra casa
.............................................................................................................................................................................
Disse-lhe o seu SENHOR: Bem está, bom e fiel servo. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no reino do teu Senhor.Mateus 25.23
Quais são os seus Talentos?_____________________________________________________.
Trabalhe com seus talentos, faça algo pra Deus na igreja, ajude em algum ministério, faça um teatro para Deus, ajude no Projeto Passo, seja líder de uma célula, faça o curso de lideres de células, Seja um discipulador alcance vidas para Jesus.Durante essa semana trabalhe com seus talentos para glória de Deus.
Anotações:__________________________________________________________________
___________________________________________________________________________




 LIÇÃO 8 – PARÁBOLA DO RICO INSENSATO

Resultado de imagem para PARÁBOLA DO RICO INSENSATO Lucas 12.13-21
 Insensato: que tem falta de senso (sabedoria, prudência)
 Nesta parábola, Jesus claramente demonstra que valores espirituais estão muito acima dos valores materiais. O mundo valoriza 3 coisas:
1.fama,2. riquezas  3.prazer.
 Mas estes valores são irrisórios (muito pequenos) em comparação com a vida eterna.
 Leia Lucas 12.13-15 e assinale V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas: 
1.      (    ) Um fariseu fez um pedido a Jesus
2.      (    ) Uma pessoa pediu a Jesus que dividisse o Reino dos Céus com ele
3.      (    ) Jesus respondeu a ele com uma pergunta
4.      (    ) Jesus alertou que cuidemos de certos tipos de ganância
5.      (    ) Ele afirmou que nossa vida não consiste na quantidade de bens 
6.      Agora, com base em Lucas 12.16-19 numere de 1 a 6 a ordem dos acontecimentos na parábola: 
a.       (    ) Pensou: O que vou fazer? Não tenho onde armazenar minha colheita
b.      (    ) Decidiu derrubar seus celeiros e construir outros maiores
c.       (    ) A terra de certo homem rico produziu muito
d.      (    ) Planejou descansar depois de tudo terminado
e.       (    ) Raciocinou: “Ali guardarei toda a minha safra e todos os meus bens”
f.       (    ) Acreditou que tudo seria suficiente para levar uma boa vida
Debate: Você possui algo que não largaria de jeito nenhum? (um skate, uma bola, uma camiseta autografada) – será que este objeto tem tanto valor assim?
7.      Leia agora Lucas 12.20-21 atentamente e responda:
a.       Quem fez uma pergunta ao homem rico? ___________
b.      Como este homem foi chamado? ____________________
c.       O que ocorreria com aquele homem no mesmo dia, à noite? ____________________
d.      Você tem algo que não admite dividir com ninguém? ____________________
Os bens materiais e realizações são úteis para nosso sustento, porém são inúteis para dar-nos a verdadeira paz e descanso. O fato é que aquele homem rico pensou exclusivamente em si, procurando aproveitar os prazeres da vida sem se importar com a vida eterna. A ganância e o egoísmo são doenças espirituais, pecados que nos afastam de Deus e dos outros.  
 Jesus contou esta parábola em resposta aquele homem na multidão que estava mais interessado na posse de sua herança do que nos ensinos de Jesus. Infelizmente, a maioria das pessoas coloca o materialismo (a posse de bens materiais) como alvo em sua vida. E você? O que mais valoriza nesta vida?
 Versículo para decorar:  Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus. Lucas 12.21
Resumo da Lição tirinha da Semana. Destaque e leve pra casa
.............................................................................................................................................................................
Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus. Lucas 12.21
A questão não é ter bens materiais, a questão é onde esta o seu coração, a sua confiança, sua segurança. O dinheiro acaba, os bens materiais acabam Deus permanece, temos que ser rico para com Deus, nosso Coração deve estar em Deus.
Anotações:__________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

LIÇÃO 9 – PARÁBOLA DO FARISEU E
DO PUBLICANO
Resultado de imagem para LIÇÃO 9 – PARÁBOLA DO FARISEU E DO PUBLICANO Lucas 18.9-14
 Fariseu: religioso judeu que acreditava que a salvação vinha pelo cumprimento da lei
Publicano: pecador – cobradores de impostos, prostitutas, ladrões.
 Debate inicial: você se acha melhor que os outros?
Em que?
 Por que?
 Nesta parábola, Jesus ensina que o orgulho é um pecado tão grave quanto os demais, pois enquanto publicanos (pecadores) costumam reconhecer sua condição, os religiosos (fariseus) proclamam sua devoção e deixam de reconhecer que a humildade é a única atitude nossa válida perante Deus.
 Leia Lucas 18.9-12 e assinale V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
1.      (    ) Jesus contou esta parábola para aqueles que confiavam em sua própria justiça
2.      (    ) Na parábola, dois homens foram orar em casa
3.      (    ) Um dos homens era fariseu e outro um samaritano
4.      (    ) O fariseu deu graças a Deus porque era igual a outros homens
5.      (    ) Ele dava o dízimo 2 vezes por semana e jejuava por tudo que recebia
Localize os versículos em que o fariseu faz sua oração e responda:
6.      Qual a atitude que ele teve na oração, diante de Deus?  (    )  orgulho    (    ) humildade
7.      Escreva os 4 tipos de homens que ele agradeceu por ser diferente:
________________,  ________________, ___________________ e ___________________
8.      Quantas vezes ele jejuava por semana? ____________
9.      O que ele fazia com todos seus ganhos? _________________________
Aquele fariseu tinha qualidades, porém sua atitude estava errada: foi a Deus contando seus feitos (jejuar e dizimar) gabando-se diante do Criador. Ele julgou o publicano e os demais homens como inferiores – declarando-se a si próprio como justo por suas obras. Não se percebe qualquer humildade em sua oração.
 Você certamente possui qualidades, quais são? (professor, dê um tempo para o debate) Mas estas qualidades são para serviço, para você engrandecer o Reino de Deus, louvá-Lo e ser luz entre os homens, e não para orgulhar-se disto!
Muitas pessoas se julgam melhores que outras, desprezam quem não pensa e age igual. Isto se chama orgulho e julgamento, atitudes condenadas por Jesus nesta parábola. O publicano reconheceu seus pecados, humilhou-se perante Deus, pedindo misericórdia, e obteve justificação (perdão). O fariseu também tinha pecados, mas julgou que suas atitudes (jejuar e dizimar) eram suficientes para ser aceito por Deus. Deus nos aceita não pelos nossos méritos, mas pela submissão (humildade) com que nos apresentamos a Ele.
 E você? Como tem agido e pensado? Sente-se melhor que os outros ou reconhece que até o bem que você faz é o fruto do Espírito?
  Versículo para decorar:  Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado. Lucas 18.14
Resumo da Lição tirinha da Semana. Destaque e leve pra casa
.............................................................................................................................................................................
Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado. Lucas 18.14
Sua vida é abençoada diariamente por Deus, busque ao Senhor com um coração humilde simples, aberto para receber as benção de Deus sobre sua vida e tenha uma semana abençoada.
Anotações:__________________________________________________________________
____________________________________________________________________________


 LIÇÃO 10 – PARÁBOLA DO ADMINISTRADOR ASTUTO
Resultado de imagem para PARÁBOLA DO ADMINISTRADOR ASTUTO Lucas 16.1-15
 Astuto: esperto
 Todos nossos atos têm conseqüências, boas ou más. Nesta parábola, um administrador perdeu seu emprego porque agiu de forma errada.
O que pode acontecer quando pecamos? (a principal conseqüência do pecado é a morte – Rm 6.23)
 Leia Lucas 16.1-7 e assinale V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
1.      (    ) Jesus contou esta parábola para os fariseus
2.      (    ) Na parábola, o administrador estava desperdiçando os bens de um homem rico
3.      (    ) O homem rico chamou o administrador para que este lhe ajudasse a ganhar mais dinheiro
4.      (    ) O administrador pensou que poderia cavar e mendigar para sobreviver
5.      (    ) Ele bolou um plano para perder o emprego e receber uma indenização
6.      (    ) Ele mandou os devedores alterarem para menos suas contas
O que o administrador fez na parábola foi confirmar sua desonestidade. Agiu de forma rápida, negociando com os devedores de seu patrão uma redução nas dívidas em troca de futuros favores.

Agora leia atentamente Lucas 16.8-13 e responda:
7.      O que o senhor fez com aquele administrador?  (    )  elogiou-o    (    ) puniu-o
8.      Escreva os 2 tipos de filhos mencionados no verso 8:
deste   ________________ e da ___________
9.      Quem é fiel no _______________ também é fiel no ____________
10.  Não podemos servir a __________ e ao _________________ 
Aquele administrador valeu-se da esperteza para conquistar amigos. Foi elogiado porque agiu de acordo com suas convicções. E nós, que somos “filhos da luz”, precisamos evidenciar nossa crença na vida eterna, trabalhando com afinco (zelo, amor) para Deus. Nossos valores não são dinheiro, fama, ou prazer, mas aquilo que é a Vontade de nosso Pai.

Você tem objetivos para sua vida, quais são? Mas nunca faça destes objetivos algo maior que Deus!

Leia agora Lucas 16.14-15 e responda:
11.  Após ouvir a parábola, quem zombou de Jesus? _______________________
12.  O que estes zombadores amavam?  ______________________________
13.  O que Jesus falou que Deus conhece de nós? ___________________________
14.  Diante de Deus, como é aquilo que tem muito valor entre os homens? ________________
Os filhos do mundo agem servindo ao dinheiro, ao prazer e à busca pela fama. Isto os leva a fazer e praticar coisas detestáveis diante de Deus. Jesus ensina a diferença entre quem serve a Deus e quem serve ao mundo: a maneira de administrar seus recursos (dinheiro, bens, talentos e capacidades) – os filhos do mundo apenas desejam acumular mais e servir-se a si próprios, enquanto os filhos da luz utilizam tudo isto para a glória de Deus.
   Versículo para decorar:  E disse-lhes: Vós sois os que vos justificais a vós mesmos diante dos homens, mas Deus conhece os vossos corações, porque o que entre os homens é elevado, perante Deus é abominação.Lucas 16.15
Resumo da Lição tirinha da Semana. Destaque e leve pra casa
.............................................................................................................................................................................
E disse-lhes: Vós sois os que vos justificais a vós mesmos diante dos homens, mas Deus conhece os vossos corações, porque o que entre os homens é elevado, perante Deus é abominação.Lucas 16.15

Viva de acordo com a palavra de Deus seja fiel ao Senhor Deus em tudo, não somente dentro da igreja, em casa, na célula, na escola, no passeio onde estiver seja sempre a mesma pessoa cheia do amor, da alegria e da benção de Deus.

Contato: Samuelministrando@outlook.com


Read More